loading

Jorge Jesus: «O objetivo era passar a eliminatória e foi conseguido»

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem merece vencer a Bola de Ouro?

Declarações de Jorge Jesus, treinador do Benfica, depois da vitória frente ao Trofense, por 2-1, após prolongamento, em jogo da terceira eliminatória da Taça de Portugal, disputado na Trofa, Porto.

Jorge Jesus: «O objetivo era passar a eliminatória e foi conseguido»

O objetivo, que era passar a eliminatória, foi conseguido, pensávamos que ia ser com mais facilidade, não foi o caso, a equipa do Trofense foi bem organizada defensivamente, o único remate que fez no jogo deu golo, sem criar grandes problemas ao Benfica.

Não tendo a qualidade de jogo dos últimos jogos, tivemos muitas oportunidades de golo, principalmente nos últimos 15 minutos da primeira parte, podíamos estar a ganhar por mais do que um. Isso permitiu que o Trofense acreditasse, tiveram uma chance num cruzamento e empataram.

Depois, a equipa do Trofense acreditou que podia ser surpresa, mas a qualidade individual do Benfica fez a diferença, o André Almeida foi importante porque ao fim de tantos meses jogou 120 minutos, isso foi bom para contar com ele para o futuro.

O Bayern de Munique é a melhor equipa do mundo atualmente, essa é a minha grande preocupação. Não estava à espera de ter tantos jogadores a fazer os 120 minutos, estava fora da minha estratégia, principalmente o caso do Vertonghen. Mas o jogo ditou assim, estava difícil e, face às duas substituições forçadas, o resultado e a estratégia, não deu para resguardar alguns jogadores, essa é a minha preocupação deste jogo. Penso que o Gil Dias e o Lázaro vão estar de fora na quarta-feira.

Houve vários jogadores que entraram com dificuldade de acompanhar a intensidade do jogo. A ideia era dar tempo aos jogadores que não têm jogado tanto e estas duas semanas da seleção tiram completamente as equipas do que são as ideias [de jogo]. Alguns que não jogam tanto estão duas semanas nas seleções sem jogar, os que ficam não têm competitividade porque não há jogos. Quando há jogos após paragem de seleções é sempre uma dificuldade para equipas como o Benfica, que têm 15 ou 16 jogadores convocados”.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página