loading

Sp. Braga: Carlos Carvalhal diz que não se deve crucificar um jogador por errar

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem merece vencer a Bola de Ouro?

Carlos Carvalhal disse hoje que um erro individual não é controlável para um treinador, mas não se deve crucificar um jogador por isso, na antevisão à receção ao Vizela, terça-feira, da 12.ª jornada da I Liga de futebol.

Sp. Braga: Carlos Carvalhal diz que não se deve crucificar um jogador por errar

Apesar de a conferência de imprensa servir para antecipar o encontro do campeonato, o técnico não esqueceu a derrota da equipa minhota na Dinamarca, diante do Midtjylland, para a Liga Europa (3-2), na quinta-feira, com o golo da derrota a surgir aos 90+3 minutos, num penálti que puniu uma falta desnecessária de Diogo Leite.

Um erro individual não é controlável para um treinador, mas temos que aceitar, eu também cometo erros, todos cometemos nas nossas vidas profissionais e pessoais. Temos que analisar os erros e tentar que não se repitam, dar confiança aos jogadores e perceber que alguém errou com o Estrela Vermelha, agora outro com o Midtjylland e vai haver mais [erros em futuros jogos], não podemos crucificar um jogador por cometer um erro”, reforçou.

Questionado sobre a flutuação de rendimento da equipa nos últimos jogos, o treinador lembrou que a derrota na Dinamarca se ficou a dever a “um penálti no último minuto”.

Se tivéssemos empatado tínhamos feito um excelente resultado. Não soubemos segurar o empate no último minuto, temos que saber viver com essas situações, o futebol pode proporcionar um grande golo ao Galeno e um erro a seguir, mas quem não errou ainda que atire a primeira pedra”, disse.

O adversário de terça-feira, o Vizela, só tem uma vitória no campeonato, alcançada há três meses e meio, na receção ao Tondela (2-1), na segunda jornada, mas Carlos Carvalhal espera dificuldades.

Queremos vencer e vamos fazer tudo por isso, sabendo que os jogadores estarão alertados para o Vizela, que encerra dificuldades na forma como joga, é uma equipa muito difícil de contrariar, o Álvaro Pacheco está a fazer um excelente trabalho. Preparámos bem o jogo e vamos saber encontrar o caminho da baliza. Vamos a jogo com muito respeito, só assim conseguiremos alcançar os três pontos”, disse.

Carlos Carvalhal considerou que este “campeonato está muito difícil de ganhar pontos” porque os “jogos estão muito disputados”, pelo que o Sporting de Braga tem que ir “passo a passo” e “jogar sempre no limite”.

Estamos em todas as competições e vamos ter jogos a decidir. Há equipas bem apetrechadas que já saíram de competições ou só estão no campeonato. Vamos ter que ir jogo a jogo”, disse.

Os minhotos têm menos cinco pontos do que na época passada, mas Carlos Carvalhal recusa comparações porque, frisou, a equipa “sofreu uma transformação muito grande”.

As coisas não se conseguem com essa facilidade. Há uma clara aposta nos jovens jogadores e esses benefícios surgem a médio e longo prazo quando ganharem mais estabilidade e estaleca, assumindo-se como figuras da equipa. Queremos ser competitivos a cada jogo, atingir o máximo e no final veremos”, disse.

David Carmo, Sequeira, Tormena e Buta estão de fora do por lesão, e Al Musrati (que já falhou o jogo ‘europeu’) e Galeno estão em dúvida, segundo adiantou o técnico.

Ainda antes de qualquer pergunta, Carlos Carvalhal adiantou-se aos jornalistas para emitir a sua opinião sobre o que se passou no sábado, no Belenenses SAD–Benfica, em cujo jogo, que terminou aos 48 minutos, os da casa perderam por 7-0 e começaram com nove jogadores, maioritariamente da equipa de sub-23, dois deles guarda-redes, devido a um surto do novo coronavírus.

Estive como treinador do Sheffield Wednesday num jogo com o Bolton, estávamos no aquecimento e veio um dirigente da FA [Football Association] dizer-me que o jogo iria ser atrasado 30 minutos porque tinha havido um acidente na autoestrada e os adeptos estavam lá retidos. Ele veio apenas comunicar-me”, detalhou, apontando o dedo, implicitamente, à Liga de clubes por não ter atuado.

O treinador deu ainda os parabéns a Abel Ferreira e a Leonardo Jardim pelas recentes conquistas da Taça dos Libertadores da América e a Liga dos Campeões asiática, respetivamente, considerando que esses troféus “prestigiam os treinadores portugueses”.

Sporting de Braga, sexto classificado, com 19 pontos, e Vizela, 15.º, com 10, defrontam-se a partir das 20:15 de terça-feira, no Estádio Municipal de Braga, jogo que será arbitrado por Vítor Ferreira, da associação de Braga.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página