loading

Sporting: Rúben Amorim classifica época com «zero» após falhar o título

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem vence a Liga dos Campeões 2021-2022?

O treinador Rúben Amorim classificou hoje a época do Sporting com um «zero», após falhar a revalidação do título de campeão da I Liga portuguesa de futebol, conquistada este ano pelo FC Porto.

“No futebol é tudo ou nada. Ou se ganha e é 10, ou não se ganha e, num clube grande, é zero. Não gosto de estar a dar um número porque pode haver interpretações do que é um cinco, um sete ou um oito. No futebol é tudo ou nada. Não ganhámos o campeonato, é nada”, atirou o técnico, na conferência de imprensa de antevisão do encontro de sábado, com o Santa Clara, da 34.ª e última jornada.

Nesse sentido, Amorim vincou que a possibilidade de igualar os 85 pontos da época passada, com a qual se sagrou campeão nacional ao serviço dos ‘leões’, se vencer o Santa Clara na última jornada, também não lhe diz “nada”.

“São tempos diferentes, sensações diferentes. Ganhar com 70 pontos tem mais sabor do que o segundo lugar com 85 pontos. Perdemos o campeonato, vamos lutar pelo próximo, sabendo que há três equipas que lutam pelo campeonato e só há lugar para um [campeão]”, desvalorizou o treinador dos ‘leões’, em Alcochete.

Depois, questionado sobre a possibilidade de as arbitragens terem interferido no desfecho do campeonato, o técnico recusou “fazer uma avaliação dos árbitros”, e aproveitou para lembrar que deu os parabéns aos ‘dragões’ pelo título, o que não terá acontecido na época passada, no sentido inverso.

“Dei os parabéns ao campeão, coisa que não aconteceu em relação a nós. Eu fiz o meu papel, porque é assim que temos de gerir as coisas. Simplesmente dei os parabéns ao FC Porto, foi campeão e, quanto a mim, nos momentos chave foi um justo campeão”, avaliou.

E com o título resolvido, assim como a entrada direta na fase de grupos da Liga dos Campeões, face ao segundo lugar assegurado, o técnico começou por revelar que vai promover alguma rotação na equipa, frente ao Santa Clara, para “aproveitar todos os minutos para crescer como equipa”.

Instado a revelar o ‘onze’ titular, acabou por fazê-lo antes de pedir aos jornalistas, com boa disposição, para “não dizer ao Mário [Silva]”, treinador dos açorianos.

“João Virgínia, Neto, Coates, Gonçalo Inácio, Porro, Palhinha, [Daniel] Bragança, Nuno Santos, Pote [Pedro Gonçalves], Pablo Sarabia e Tabata”, desvendou.

O Sporting recebe o Santa Clara no sábado, em partida da 34.ª e última jornada da I Liga, com início marcado para as 20:30, no Estádio José Alvalade, e arbitragem de Hugo Miguel (AF Lisboa).

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Na Primeira Página