loading

"Há muito Sporting para lá de Rúben Amorim"

A temporada atual tem sido marcada por uma jornada de emoções para os adeptos do Sporting, que testemunham a ascensão fulgurante da equipa leonina sob a orientação técnico/tática de Rúben Amorim.

"Há muito Sporting para lá de Rúben Amorim"
Sporting CP

"Temos que nos ir preparando para viver sem o Rúben Amorim", assume conhecido sócio dos leões.

O treinador português, com apenas 39 anos, tem protagonizado uma campanha notável à frente dos leões, consolidando uma liderança firme na Primeira Liga portuguesa e deixando a sua marca no panorama futebolístico nacional.

Neste momento, o Sporting encontra-se no topo da tabela, com uma liderança estreita sobre o rival Benfica. Com apenas um ponto de vantagem, mas ainda com um jogo em atraso, os leões mantêm-se na corrida pelo título, alimentando as esperanças fervorosas dos seus adeptos.

A equipa de Amorim tem cativado os corações dos adeptos com um futebol envolvente e resultados consistentes. Após a desilusão da temporada passada, onde o título escapou para as águias, os sportinguistas depositam as suas esperanças numa redenção sob a orientação do jovem treinador.

Contudo, no meio da celebração pelos sucessos alcançados, paira em Alvalade a sombra da incerteza quanto ao futuro de Rúben Amorim no comando técnico do Sporting.

"Os adeptos do Sporting nunca pensaram gostar tanto de um benfiquista"

Face ao forte interesse em Rúben Amorim, o antigo deputado na Assembleia da República e associado leonino, André Pinotes Batista, expressou recentemente a sua convicção de que o treinador deixará o clube mais cedo ou mais tarde.

No entanto, Pinotes Batista espera que a saída de Amorim ocorra após a conquista de títulos, seja no final desta época ou numa futura na carreira do técnico.

Em declarações à CMTV, Pinotes Batista sublinhou a importância de os responsáveis do clube prepararem não apenas a substituição técnica, mas também o impacto psicológico da eventual saída de Amorim.

Embora reconheça o valor indiscutível do treinador, Batista espera que a transição pós-Amorim seja gerida com sensatez, não apenas ao nível técnico, mas também ao nível psicológico.

"Essa era pós-Amorim tem uma dimensão muito importante. Há o facto de perdermos o treinador, um grande técnico, um grande gestor de homens, um grande motivador e um grande comunicador", começou por defender o conhecido sócio leonino, citado pelo jornal 'Bancada.pt'.

"Os adeptos do Sporting nunca pensaram gostar tanto de um benfiquista como gostam de Rúben Amorim. Temos que nos ir preparando para viver sem o Rúben Amorim porque há muito Sporting para além dele", rematou Pinotes Batista.

A dimensão emocional desta mudança não pode ser subestimada. Rúben Amorim conquistou o coração dos adeptos sportinguistas com a sua dedicação e competência, tornando-se uma figura adorada no seio do clube.

O seu eventual adeus a Alvalade deixará certamente um vazio, mas também uma oportunidade para o Sporting redefinir o seu rumo.

Quanto ao próprio Amorim, o treinador português já deixou claro que só permanecerá no clube verde e branco se alcançar sucesso desportivo na presente temporada.

"Obviamente que, se não ganharmos títulos, sairei pelo meu pé. Mas isso já era a nossa conversa de sempre. Não por não conseguirmos ganhar, mas porque dois anos seguidos sem ganhar títulos não pode acontecer", disse recentemente o técnico dos leões.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Para si

Na Primeira Página

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Roger Schmidt tem condições para continuar no Benfica?