loading

Crónica: Marítimo e Belenenses dividem pontos no Funchal

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Quem tem o adversário mais acessível nas competições europeias?

O Marítimo e o Belenenses «anularam-se» hoje na Madeira, num jogo que terminou empatado a zero, a contar para a quinta jornada da I Liga portuguesa.
Crónica: Marítimo e Belenenses dividem pontos no Funchal

O resultado foi o mesmo registado na temporada passada nos Barreiros, num jogo que, na altura, marcou a estreia de Silas como treinador do Belenenses, numa casa em que conhece bem, por ter jogado pelo clube madeirense na época 2004/05.

O Marítimo soma agora 10 pontos, os mesmos que os líderes Benfica, Sporting de Braga, Sporting e Rio Ave, sendo que os ‘verde rubros' e os vilacondenses têm mais um jogo que as outras equipas enquanto o Belenenses está a meio da tabela, com seis pontos, na nona posição.

Logo aos quatro minutos, surgiu um lance polémico na grande área dos azuis, com Licá a intercetar a bola com o braço esquerdo, mas o árbitro Hugo Miguel deixou seguir, sem recorrer ao vídeoárbitro.

No minuto seguinte, o internacional português Danny testou a atenção do guardião brasileiro Muriel, com um remate de meia distância.

A primeira e única oportunidade do Belenenses a registar na primeira parte aconteceu aos 11 minutos, quando o defesa Marcão, uma das novidades no ‘onze' insular, quase fazia autogolo.

O jogo começou a um bom ritmo, mas foi perdendo interesse, com o Marítimo a estar mais perto da baliza adversária.

O golo esteve muito perto de acontecer no arranque do segundo tempo, mas a tentativa de Correa, aos 51 minutos, saiu um pouco ao lado.

A formação visitante deu uma boa resposta ao longo da segunda parte, com duas grandes ocasiões, aos 60 e 61 minutos. Primeiro, Fredy com um excelente passe a lançar Licá, que viu o seu ‘chapéu' ser travado por Amir e, de seguida, Keita tentou marcar à antiga equipa, mas atirou por cima.

O jogo estava partido, com as duas equipas a procurarem quebrar o ‘nulo', mas tanto Dálcio, de livre direto, aos 65 minutos, como Fabrício, numa jogada de contra-ataque, aos 67, viram os guarda-redes adversários negar as suas intenções.

Nos instantes finais, surgiram as últimas tentativas, com o Belenenses a crier perigo aos 89 minutos, com dois homens lançados na segunda parte: cruzamento de Zakarya e golpe de cabeça de Henrique Almeida, que passou muito próximo da barra.

Do outro lado, foi o defesa Sasso que esteve perto de dar uma ajuda ao Marítimo, ao ficar perto de colocar a bola na própria baliza, já em período de descontos.

Programa da jornada:

Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018
Boavista - Desp. Chaves, 1 - 2

Sábado, 22 de Setembro de 2018
Santa Clara - Rio Ave, 1 - 3
Marítimo - Belenenses SAD, 0 - 0
V. Setúbal - FC Porto, 0 - 2

Domingo, 23 de Setembro de 2018
Feirense - Nacional, 0 - 0
Tondela - Moreirense, 2 - 0
Benfica - Desp. Aves, 2 - 0
Portimonense - V. Guimarães, 3 - 2

Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018
Sp. Braga - Sporting, 1 - 0

Siga-nos no Facebook, no Google+ e no Twitter.

Relacionadas

Comentários

Na Primeira Página

Pode gostar de ler