loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Mundial sub-20: Pressão não assusta Portugal mas o foco está nos ‘oitavos’

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Quem precisa de mais reforços para a próxima época?

A pressão de vencer o Mundial de futebol de sub-20 não assusta a seleção portuguesa, que começa por apontar a ‘mira’ aos oitavos de final, antes de pensar em recuperar o título conquistado em 1989 e 1991.
Mundial sub-20: Pressão não assusta Portugal mas o foco está nos ‘oitavos’

“Portugal é sempre candidato em todas as competições em que entra. No entanto, agora estamos apenas preocupados em preparar o Mundial, depois a fase de grupos e, por fim, as fases a eliminar”, disse Miguel Luís, em entrevista à agência Lusa.

O médio, que esta época se estreou na equipa principal do Sporting, pela qual efetuou 11 jogos, confessou que esta geração se sente à vontade com as expectativas que estão criadas para a prova que se realiza na Polónia, entre 23 de maio e 15 de junho.

“Fomos nós que colocámos esta pressão sobre nós próprios. É um trabalho que temos feito desde os sub-15. É uma pressão boa. Preferimos ter este tipo de pressão, por termos ganho, do que uma pressão por nunca termos ganho nada”, realçou.

Miguel Luís admitiu que “todas as seleções pensam em algo mais”, mas deixou um alerta: “Se estivermos a pensar apenas na final e não pensarmos nos jogos anteriores, não nos vai adiantar muito e vamos acabar por perder. O nosso foco principal é a fase de grupos e, depois, a fase a eliminar”.

Sendo um dos 14 jogadores que estiveram presentes nas conquistas dos Europeus de sub-17, em 2016, e sub-19, em 2018, e que agora vão estar no Mundial de sub-20, o médio apontou a ‘receita’ para o sucesso da geração lusa nascida em 1999.

“Para conseguirmos alcançar o que alcançámos antes, temos de fazer o que fizemos naquelas competições, em termos de grupo, de espírito e aumentar a nossa qualidade”, transmitiu.

Outros dos médios chamados pelo treinador Hélio Sousa para o Mundial de sub-20 foi Nuno Santos, jogador do Benfica que alinha com o discurso do companheiro de seleção.

“O nosso foco é jogo a jogo. Por tudo o que conseguimos no passado, há a expectativa de que possamos chegar à final, mas o nosso foco está nos primeiros jogos e o futuro dirá o que iremos conseguir”, referiu à agência Lusa o jogador, de 20 anos.

Dada a qualidade existente nas seleções nacionais, Nuno Santos considerou que “Portugal está sempre muito perto de ganhar” qualquer competição e tem capacidade para “complicar o trabalho” a Argentina, Coreia do Sul e África do Sul, adversários da equipa das ‘quinas’ no grupo F do Mundial.

“São equipas diferentes. Vão três jogos muito complicados, mas acredito que eles estejam a pensar no mesmo. Antes de pensarmos nos outros, temos de pensar em nós, mas acho que vamos complicar o trabalho deles”, concluiu aquele que foi um dos campeões da Europa de sub-19, no ano passado.

Portugal, que conquistou o título mundial de sub-20 em 1989, na Arábia Saudita, e em 1991, em Lisboa, estreia-se na competição em 25 de maio, contra a Coreia do Sul, seguindo-se os embates com a recordista de troféus (seis), Argentina, no dia 28, e África do Sul, em 31, sendo que os três encontros da fase de grupos serão disputados em Bielsko-Biala.

Os dois primeiros classificados de cada um dos seis grupos e os quatro melhores terceiros seguem para os oitavos de final.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Comentários

Na Primeira Página

Pode gostar de ler