loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Xavier diz que falhanço nos objetivos ditou afastamento da seleção de Moçambique

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Acha que Silas é uma boa opção para o Sporting?

O treinador Abel Xavier disse hoje que o incumprimento dos objetivos propostos pela Federação Moçambicana de Futebol (FMF) ditou o seu afastamento do comando técnico da seleção nacional, mas considerou ter deixado um legado na liderança da equipa.
 Xavier diz que falhanço nos objetivos ditou afastamento da seleção de Moçambique

"A parte mais importante deste desfecho [saída do comando técnico da seleção nacional de Moçambique] foram os objetivos não conseguidos", afirmou Abel Xavier, em conferência de imprensa, um dia após o anúncio da não renovação do contrato na liderança dos "mambas".

O técnico, nascido em Moçambique, mas que fez toda a carreira de futebolista em Portugal, defendeu que se a seleção moçambicana de futebol se tivesse qualificado para a Taça Africana das Nações (CAN) de 2019, disputada no Egito, teria tido condições para prosseguir.

"Obviamente, que esse objetivo não foi conseguido aos 92 minutos, se conseguíssemos a qualificação, possivelmente, esta conferência de imprensa não se estaria a realizar", destacou.

O técnico fez referência ao minuto 92 por ter sido nessa altura em que a seleção moçambicana de futebol consentiu um empate a dois golos no jogo com a Guiné-Bissau, que lhe custou a qualificação para a CAN2019.

Referindo-se às raízes moçambicanas, Abel Xavier assinalou que cumpriu uma missão de Estado durante os três anos e meio em que esteve à frente da seleção moçambicana de futebol, agradecendo o apoio que recebeu do Presidente da República, Filipe Nyusi, e da direção da FMF.

O técnico assinalou que deixou um legado para a seleção moçambicana, assinalando ter posto em campo 71 de um total de 137 jogadores que convocou durante três anos e meio à frente da equipa.

Além de não ter conseguido qualificar os "mambas" para a CAN2019, Abel Xavier falhou também a disputa da fase final da CAN2017, no Gabão, da CHAN, que é disputada por jogadores que atuam apenas nos campeonatos nacionais em África, e da fase final da COSAFA, prova jogada pelas seleções da África Austral.

Para o lugar de Abel Xavier, a FMF apontou, interinamente, Victor Matine, treinador da seleção sub-20 de Moçambique.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Na Primeira Página

Pode gostar de ler