loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Síntese: Finlândia faz história e Suécia garante sexta fase final seguida

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Frederico Varandas deve pedir a demissão de presidente do Sporting?

A Finlândia fez hoje história ao qualificar-se pela primeira vez para uma fase final do Campeonato da Europa, enquanto a vizinha Suécia confirmou a sexta presença seguida na prova continental.
Síntese: Finlândia faz história e Suécia garante sexta fase final seguida

Os finlandeses, que nunca marcaram presença numa fase final de uma grande competição, receberam e venceram o Liechtenstein por 3-0, no grupo J de qualificação para o Euro2020, com golos de Jasse Tuominen, aos 21 minutos, e Teemu Pukki, aos 64 e 75.

A Finlândia acompanha, assim, a líder Itália, que já tinha ‘carimbado’ o apuramento e foi à Bósnia-Herzegovina vencer por 3-0, dando sequência ao pleno de triunfos no grupo J.

Francesco Acerbi abriu o marcador, aos 21 minutos, antes de Lorenzo Insigne, aos 37, e Andrea Belotti, aos 53, consumarem a nona vitória transalpina no mesmo número de partidas.

A Arménia, que ainda sonhava com o apuramento, acabou por dizer ‘adeus’ a essa possibilidade com a vitória da Finlândia, mas também acabou por perder por 1-0 na visita à Grécia, que já não tinha qualquer possibilidade de seguir para a fase final.

No grupo F, a Suécia venceu por 3-0 na Roménia, assegurando a qualificação para o Europeu pela sétima vez na sua história, a sexta seguida, e fazendo ‘xeque mate’ ao conjunto romeno, que fica fora do Euro2020.

Marcus Berg, aos 18 minutos, e Robin Quaison, aos 34, foram os artífices do triunfo dos nórdicos, segundos classificados do grupo F, atrás da já apurada Espanha, que ‘atropelou’ a frágil seleção de Malta, por 7-0.

Em Cádiz, os espanhóis construíram o volumoso resultado com golos de Álvaro Morata, Santi Cazorla, Pablo Sarabia, Gerard Moreno, Jesús Navas e dos estreantes Dani Olmo e Pau Torres. De resto, há exatamente 30 anos que dois estreantes não marcavam num mesmo jogo pela Espanha, desde que Juanito e Fernando o lograram em 1989.

O resultado da Suécia teve implicações diretas para a Roménia, mas igualmente para a Noruega, que, mesmo vencendo por 4-0 as Ilhas Faroé, vai ficar de fora da fase final.

No grupo D, as decisões ficaram adiadas para a última ronda, com Dinamarca, Suíça e República da Irlanda à procura de assegurar as duas vagas do agrupamento.

Os dinamarqueses venceram por 6-0 Gibraltar e lideram o grupo, com 15 pontos, apenas mais um do que a Suíça, que bateu a Geórgia, por 1-0, e ocupa o segundo posto. A República da Irlanda é terceira colocada, com 13 pontos, sendo que os irlandeses recebem os nórdicos na derradeira jornada.

Os dois primeiros de cada um dos 10 grupos qualificam-se para a fase final do Euro2020, enquanto as restantes quatro vagas sairão dos ‘play-offs’, a disputar pelos quatro melhores classificados de cada uma das quatro ligas da primeira edição da Liga das Nações que não conseguirem o apuramento direto.

A fase final do Europeu de 2020, para a qual já se tinham qualificado Bélgica, Itália, Rússia, Polónia, Ucrânia, Espanha, Turquia, França, Inglaterra e República Checa, realiza-se de 12 de junho a 12 de julho, em 12 cidades, de 12 países.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Na Primeira Página

Pode gostar de ler