loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Luxemburgo depois de Estugarda, Zenica e Solna

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Frederico Varandas deve pedir a demissão de presidente do Sporting?

A cidade do Luxemburgo tornou-se hoje o quarto palco estrangeiro de um apuramento da seleção portuguesa de futebol para a fase final de uma grande competição, juntando-se a Estugarda, Zenica e Solna.
Luxemburgo depois de Estugarda, Zenica e Solna

Dos anteriores 13 apuramentos (sete para Mundiais e seis para Europeus), uma dezena tinham acontecido em solo luso, a maioria no Estádio da Luz, em Lisboa, a casa do Benfica, quatro no antigo e duas no novo, construído para o Euro2004.

O primeiro apuramento fora de ‘portas’ aconteceu na corrida ao Mundial de 1986, que se realizou no México, num inesquecível dia 16 de outubro de 1985 em que tudo correu da melhor forma para o conjunto das ‘quinas’: dois ‘milagres’ em um.

Antes do jogo da formação lusa, em Estugarda, Portugal precisava que a Suécia perdesse na Checoslováquia e isso aconteceu, em Praga, onde os anfitriões venceram por 2-1, em resposta ao tento madrugador do sueco Corneliusson.

Face a este resultado, ‘bastava’ a Portugal vencer fora a RFA e o ‘deixem-me sonhar’ do ‘bom gigante’ José Torres acabou por vingar (1-0), graças a um ‘golão’ de Carlos Manuel e aos ‘ferros’ da baliza superiormente defendida por Manuel Bento.

Para encontrar novo apuramento luso em território estrangeiro é preciso avançar mais de 24 anos, para 18 de novembro de 2009, dia que Portugal se deslocou a Zenica para disputar a segunda mão do ‘play-off’ de acesso ao Mundial2010.

Depois do triunfo caseiro por 1-0, selado com um tento do central Bruno Alves, agora no Parma, a formação comandada por Carlos Queiroz repetiu o registo na Bósnia-Herzegoviana, graças a um tento do já retirado Raúl Meireles.

O acesso ao Mundial seguinte, o de 2014, também foi garantido fora de Portugal, e novamente na segunda mão do ‘play-off’, desta vez perante a Suécia, que, como os bósnios, perdeu igualmente em Lisboa por 1-0.

Cristiano Ronaldo decidiu o primeiro jogo, mas foi em Solna que brilhou intensamente, para uma das mais marcantes exibições com a camisola da seleção lusa, ao apontar um ‘hat-trick’ na ‘cara’ de Zlatan Ibrahimovic.

O ‘capitão’ luso inaugurou o marcador, aos 50 minutos, o atual jogador dos Los Angeles Galaxy respondeu com um ‘bis’, aos 68 e 72, ameaçando eliminar Portugal, mas Ronaldo ‘agigantou-se, com mais dois tentos, aos 77 e 79.

Hoje, na capital luxemburguesa, Bruno Fernandes e Cristiano Ronaldo selaram o triunfo luso, sendo que até o desaire chegava, já que, em Belgrado, a Sérvia não conseguiu mais do que um empate caseiro com a Ucrânia (2-2).

Além de Estugarda, Zenica, Solna e do Luxemburgo, estão na história da formação das ‘quinas’ como cidades em que se selaram apuramentos Lisboa (seis vezes, sempre na Luz), Porto (Antas e Dragão), Aveiro e Braga.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Na Primeira Página

Pode gostar de ler