loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Crónica: Marítimo vence Santa Clara no arranque da 30.ª jornada da I Liga

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

É justa a medida do Governo em autorizar o regresso I Liga e impedir a II Liga?

O Marítimo venceu hoje o Santa Clara por 1-0 no arranque da 30.ª jornada da I Liga de futebol, num jogo que podia ter tido um resultado mais volumoso, tantas foram as ocasiões de golo de parte a parte.
Crónica: Marítimo vence Santa Clara no arranque da 30.ª jornada da I Liga

Com este importante triunfo no jogo realizado na Cidade do Futebol, em Oeiras, o Marítimo chega aos 34 pontos e dá um passo firme rumo à permanência no primeiro escalão do futebol português. Já o Santa Clara, com 38 pontos, pode ver Moreirense e Boavista fugir na tabela classificativa.

O único golo do jogo foi marcado já na segunda parte, aos 71, por Bruno Xadas, na cobrança de um livre direto.

Num duelo insular inédito, ao ser disputado no continente, foi o Marítimo a entrar melhor no relvado da Cidade do Futebol e aos oito minutos conseguiu criar a primeira ocasião de perigo: Nanu trabalhou bem na direita, cruzou e Edgar Costa só não conseguiu o cabeceamento porque João Afonso se antecipou e cedeu canto.

Mais pressionante e a ganhar quase todos os duelos individuais, o Marítimo só permitiu ao Santa Clara chegar junto da baliza de Amir já depois do primeiro quarto de hora, com Thiago Santana a arriscar um remate pouco inspirado que acabou nas mãos do iraniano.

Já perto do intervalo o Marítimo voltou à carga e em duas ocasiões esteve a escassos centímetros de inaugurar o marcador. Aos 37, René cabeceou para defesa de Marco sobre a linha e, na recarga, Pinho acertou no poste.

Minutos depois, aos 41, o avançado brasileiro dos verde-rubros afinou a mira, atirou de cabeça ao ângulo da baliza açoriana, mas Marco, num voo espetacular, impediu os festejos madeirenses em Oeiras.

O Marítimo não perdeu fulgor com o intervalo e no reinício foi o argentino Correa a estar perto do golo. O avançado procurou enquadrar-se com a baliza, tirou um defesa da frente, mas o remate saiu fraco e para as mãos de Marco.

Na fase mais empolgante do encontro, o Santa Clara respondeu com uma bola na trave. Carlos Júnior arrancou para a baliza e à entrada da grande área atirou em arco, com a bola a esbarrar na trave da baliza de Amir, que nem se fez à bola.

Aos 71 houve mesmo golo na Cidade do Futebol e foi Bruno Xadas, que tinha entrado pouco antes, a colocar o Marítimo em vantagem. Aproveitando o vento que se fazia sentir, o esquerdino bateu um livre tenso para a área e a bola acabou por se encaminhar para o fundo da baliza açoriana, sem que ninguém lhe tocasse.

O Santa Clara acusou o golo e o Marítimo podia tem ampliado a vantagem em mais do que uma ocasião: primeiro, Joel Tagueu isolou-se na esquerda do ataque, tentou colocar no poste mais distante, mas Marco manteve acesas as esperanças do Santa Clara, e já dentro dos dez minutos finais nova oportunidade flagrante da equipa de José Gomes, com a bola a ‘pisar' a linha de golo sem que ninguém conseguisse o toque final para o 2-0.

Até ao apito final pertenceu ao Santa Clara a melhor oportunidade de golo, mas o cabeceamento de Carlos Júnior saiu a rasar o poste da baliza de Amir e o Marítimo conseguiu levar os três pontos na visita a Lisboa.

Programa da jornada:

Sexta-feira, 3 de Julho de 2020
Santa Clara - Marítimo, 0 - 1

Sábado, 4 de Julho de 2020
V. Setúbal - Paços Ferreira, 2 - 3
Portimonense - V. Guimarães, 0 - 1
Benfica - Boavista, 3 - 1
Sp. Braga - Desp. Aves, 4 - 0

Domingo, 5 de Julho de 2020
Gil Vicente - Rio Ave, 1 - 0
Tondela - Famalicão, 0 - 1
FC Porto - Belenenses SAD, 5 - 0

Segunda-feira, 6 de Julho de 2020
Moreirense - Sporting, 0 - 0

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página