loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Crónica: Lucas Áfrico dá triunfo 'suado' ao Marítimo sobre o Gil Vicente perto do fim

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

Um golo do central Lucas Áfrico perto do fim deu hoje uma difícil, mas 'saborosa' vitória ao Marítimo em casa do Gil Vicente (1-0), na 14.ª jornada da I Liga de futebol, e um salto na classificação.
Crónica: Lucas Áfrico dá triunfo 'suado' ao Marítimo sobre o Gil Vicente perto do fim

O único golo de uma partida equilibrada surgiu aos 87 minutos, com Lucas Áfrico a cabecear após um bom cruzamento de Ruben Macedo e a dar os três pontos à equipa de Milton Mendes, que sobe, assim, à oitava posição.

Poucos minutos antes, tinha sido Ruben Macedo a desperdiçar a melhor ocasião do jogo até então (82), diante de um Gil Vicente que soma a segunda derrota seguida no campeonato (terceiro jogo sem vencer).

Com o técnico brasileiro ao comando, o Marítimo, que se apresentou sem o seu goleador Rodrigo Pinho, que testou positivo para o novo coronavírus, tem cinco vitórias, um empate e duas derrotas na I Liga e Taça de Portugal.

Ambas as equipas vinham de percursos muito idênticos nas últimas semanas: qualificaram-se para os quartos de final da Taça de Portugal, os insulares eliminando o Sporting (2-0), os minhotos o Académico de Viseu (II Liga, 3-2 após prolongamento) e, no campeonato, ambas vinham de uma derrota e um empate nas últimas duas rondas.

A primeira parte foi muito equilibrada e com muitas paragens devido à entrada das equipas médicas para assistir jogadores o que se refletiu na fraca qualidade do jogo.

O ritmo da segunda parte foi mais intenso, mas com as equipas muito 'encaixadas' e as situações de golo rarearam.

Os treinadores foram refrescando as suas equipas e o primeiro remate com perigo pertenceu ao Gil Vicente, com Claude Gonçalves, mas Abedzadeh mostrou atenção (71).

Aos 80 minutos, foi Samuel Lino a cabecear para nova defesa atenta do guardião contrário, após bom trabalho de Lourency, mas a oportunidade mais flagrante do jogo antes do golo pertenceu aos visitantes.

Bambock teve um excelente lançamento para Ruben Macedo, que, na área, sem oposição e com tudo para marcar, rematou ao lado (82), mas o tento vitorioso de Lucas Áfrico surgiu cinco minutos depois.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página