ESC ONLINE

Moreirense: Vasco Seabra despreocupado com a proximidade da equipa aos lugares europeus

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

O treinador Vasco Seabra assegurou hoje que os futebolistas do Moreirense “não estão minimamente preocupados” com a proximidade aos lugares de acesso às competições europeias da próxima época.
Moreirense: Vasco Seabra despreocupado com a proximidade da equipa aos lugares europeus

“Neste momento, cada jogo que passa é uma batalha muito difícil de defrontar. Faltam nove batalhas e não sabemos quantos pontos serão necessários para garantir a manutenção, já que o campeonato está muito equilibrado”, analisou o técnico, em conferência de imprensa de antevisão à visita ao Gil Vicente, da 26.ª jornada da I Liga.

Os ‘cónegos’ não vencem há três jogos, mas um triunfo em Barcelos poderá permitir terminar a ronda a um ponto do sexto lugar, o último que poderá dar acesso às provas continentais, ainda ocupado pelo Vitória de Guimarães, que perdeu na sexta-feira em Portimão (3-0).

“Ponto a ponto, vitória a vitória, jogo a jogo, queremos olhar muito para nós e para aquilo que conseguiremos conquistar, com a vontade de crescer e de aumentar os pontos já amealhados, para que essa soma final seja reflexo da época boa que queremos fazer”, apontou Vasco Seabra, que venceu quatro dos seis duelos disputados fora de portas.

Em caso de derrota, o Moreirense vai ser igualado na classificação pelo Gil Vicente, adversário que “está bem e reflete agora a qualidade de organização da equipa e do trabalho do seu treinador”, na antecâmara de um “jogo de compromisso mútuo”.

“Sabemos que vamos ter um adversário difícil, mas também iremos ser competitivos. É verdade que este campeonato está muito coeso e equilibrado, pelo que os pontos são muito difíceis de conquistar. Este jogo exigirá de nós uma luta máxima e vamos ter de estar no nosso melhor para conseguirmos ser competitivos e vencer”, apelou.

Os vimaranenses vão reencontrar Ricardo Soares, treinador que arrancou a temporada em Moreira de Cónegos e cumpriu as primeiras seis jornadas, embora Vasco Seabra acredite que esse conhecimento “se desvanece” e “não será uma vantagem”.

“É verdade que passou aqui algum tempo e conhece os jogadores, mas também conhecemos a equipa do Gil Vicente. As coisas mudam, os jogadores alteram a forma como estão a jogar e as dinâmicas da própria equipa também variam e são díspares. Temos de nos manter muito humildes e agarrados àquilo que controlamos”, notou.

Desvalorizando a ausência do gilista Lucas Mineiro, o técnico do Moreirense elogiou um “esforço muito grande para treinar sempre no limite” por parte do médio Gonçalo Franco, de 20 anos, que poderá somar uma inédita terceira titularidade consecutiva na I Liga.

“Quando chegámos, ele começou a demonstrar qualidade. Os colegas têm ajudado muito no crescimento dele e na sua autoconfiança quanto àquilo que faz e aos processos da equipa. Além do Franco, sentimos que o grupo se liga, quer crescer e elevar os seus níveis de competitividade a cada jogo. Isso é reflexo do compromisso coletivo”, concluiu.

Derik Lacerda foi operado esta semana ao ombro direito e estará indisponível até ao final da época, juntando-se aos lesionados Pedro Amador, Sori Mané, Pedro Nuno e Abdoulaye Ba, que saiu tocado no empate caseiro frente ao líder invicto Sporting (1-1).

O Moreirense, oitavo colocado, com 31 pontos, visita o Gil Vicente, 10.º, com 28, no domingo, às 15:00, no Estádio Cidade de Barcelos, em Barcelos, numa partida da 26.ª jornada do campeonato, com arbitragem de Nuno Almeida, da associação do Algarve.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página