ESC ONLINE

Moreirense: Vasco Seabra dispensa tranquilidade advinda do conforto pontual da sua equipa

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

O treinador Vasco Seabra descartou hoje que os jogadores do Moreirense manifestem tranquilidade em função do conforto pontual na classificação na I Liga, na véspera da receção ao Tondela, da 27.ª jornada.
Moreirense: Vasco Seabra dispensa tranquilidade advinda do conforto pontual da sua equipa

“Para nós, não existe conforto, mas sim vontade de ganhar. A cada jogo que passa, queremos consolidar, construir e ser mais dominadores nos processos ofensivo e defensivo. Temos falado isso com os atletas, que se vão mostrando mais para que as coisas corram da forma pretendida”, sublinhou o técnico, em conferência de imprensa.

Os ‘cónegos’ têm 12 pontos de vantagem sobre a zona de descida, quando restam 24 em disputa, e estão na luta pelo sexto lugar, o último que poderá dar acesso às provas europeias, a par de Vitória de Guimarães e Santa Clara, que se defrontam nesta ronda.

“Se há necessidade de impor metas mais ambiciosas? Efetivamente, não. Seja qual for o lugar em que estivermos, que foi conquistado pelo grupo de trabalho de forma meritória, sentimos que vamos ser altamente competitivos e queremos olhar para cima para, no final, estarmos orgulhosos pelo que fizemos e alegres pela forma como jogamos”, frisou.

Vasco Seabra enalteceu o “compromisso interno” do Moreirense, que contabiliza seis empates e uma derrota nos últimos sete jogos caseiros para a I Liga e vai procurar frente ao Tondela a primeira vitória como visitado sob alçada do sucessor de César Peixoto.

“É um desafio importante para nós. Os pontos ficam ainda mais difíceis de conquistar a cada jornada que passa. Vamos ter um oponente difícil, mas temos a ambição de encará-lo com vontade de vencer. Acreditamos que vamos fazer um bom jogo. Serão oito duelos num curto espaço de tempo e precisamos de uma entrega máxima de todos”, apelou.

Os ‘beirões’ aportam o pior registo fora de portas, com um triunfo, duas igualdades e 10 desaires, mas somaram quatro pontos nas visitas aos Açores e a Guimarães, levando os minhotos a terem “indicações claras” para “estar no melhor” das suas capacidades.

“O Tondela iniciou mal o campeonato fora de casa, mas foi crescendo no seu registo externo. Vamos ter um adversário capaz de jogar de diferentes formas, sistemas e dinâmicas, que é difícil de contrariar, tem compromisso defensivo e procura chegar-se à frente. Mais do que a classificação, terá a ver com a nossa entrega e dedicação”, notou.

Pedro Amador, Sori Mané, Pedro Nuno e Derik Lacerda continuam lesionados, enquanto Abdoulaye Ba já debelou uma contusão no adutor direito, sofrida em 05 de abril, no empate caseiro com o líder invicto Sporting (1-1), e volta às opções de Vasco Seabra.

O Moreirense, oitavo, com 34 pontos, recebe o Tondela, 11.º, com 28, no sábado, às 15:30, no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, em Moreira de Cónegos, em partida da 27.ª jornada, com arbitragem de Iancu Vasilica, da associação de Vila Real.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página