Rúben Amorim: «Fomos atrás do resultado, a equipa demonstrou muito coração e a força que tem»

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

Declarações de Rúben Amorim, treinador do Sporting, após o jogo entre Benfica e Sporting, da 33.ª e penúltima jornada da I Liga portuguesa de futebol, disputado no Estádio da Luz, em Lisboa, e que terminou com a vitória dos ‘encarnados’, por 4-3.
Rúben Amorim: «Fomos atrás do resultado, a equipa demonstrou muito coração e a força que tem»

"Foi um jogo complicado, com uma primeira parte difícil em que podíamos ter criado mais perigo se definíssemos melhor. O Benfica entrou bem e fez três golos. Conseguimos marcar um golo.

Ao intervalo, acreditámos, voltámos a sofrer. Fomos atrás do resultado, a equipa demonstrou muito coração e a força que tem, e ainda fizemos mais dois golos. No fim, tentámos o empate.

[Sobre a entrada de João Mário e Palhinha] Faz parte do nosso crescimento. Não nos esquecemos das limitações que temos. Mais vale sofrer agora que somos campeões do que no futuro. Não ajudei muito os jogadores, porque quando se muda muito o ‘onze’, os jogadores sentem. Portaram-se muito bem, deram tudo, retificámos, crescemos na segunda parte e podíamos ter feito o empate.

[Sobre a perda da invencibilidade] Obviamente que não [estou feliz]. Queríamos ganhar e manter a série, não conseguimos. Os adeptos e nós queríamos, mas não é o mais importante. Ganhámos o campeonato e estamos já a preparar o futuro. Os jogadores não têm culpa que o treinador meta tudo ao mesmo tempo.”

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página