Europeu-2020: Paulo Sousa quer Polónia «protagonista» frente à Eslováquia

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

O selecionador da Polónia, o português Paulo Sousa, está confiante num bom arranque dos polacos no Euro2020, na segunda-feira, contra a Eslováquia, destacando a qualidade dos futebolistas que comanda, apesar de lamentar as duas ‘baixas’ de vulto no ataque.
Europeu-2020: Paulo Sousa quer Polónia «protagonista» frente à Eslováquia

“Confiamos que, se não cometermos erros, com a qualidade dos jogadores à nossa disposição, conseguiremos os três pontos”, afirmou Paulo Sousa na conferência de imprensa de lançamento do embate contra os eslovacos, garantindo que quer que a sua equipa seja “protagonista” na partida, criando várias oportunidades de golo.

Robert Lewandowski (Bayern Munique) é a grande figura da Polónia, que ficou privada da participação de Arkadiusz Milik (Marselha) e Krzysztof Piatek (Hertha Berlim), ambos lesionados, e é o único goleador disponível.

“Quando todos estão bem, temos uma das melhores frentes de ataque do mundo”, assinalou Paulo Sousa, ressalvando, porém, que se abrem oportunidades para Swierczok e Swiderski, chamados para ocuparem os lugares de Milik e Piatek.

O técnico luso acrescentou que ambos os ‘substitutos’ marcaram nos últimos dois particulares, pelo que “estão preparados”.

Sobre a Eslováquia, Paulo Sousa elogiou a sua boa organização, com transições rápidas e muito bons contra-ataques.

“Jogam com grande intensidade todo o jogo, são duros nos duelos e muito bons nas bolas paradas”, sublinhou, realçando o veterano Hamsik e Skriniar como futebolistas que podem fazer a diferença.

De resto, Paulo Sousa considerou que Espanha é a favorita do Grupo E, que conta também com a Suécia, além de Polónia e Eslováquia.

“Não há dúvida que Espanha é o principal favorito do grupo por tudo o que já ganhou, pela qualidade dos seus futebolistas e pela forma como jogam”, disse, frisando que, tirando ‘La Roja’ desta equação, o Grupo E é um dos mais equilibrados, pelo que "haverá grandes oportunidades para todas as equipas”.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página