loading

"Lá vai o Schmidt dormir mal outra vez"

O Benfica assegurou, na quinta-feira, a sua presença nos oitavos de final da Liga Europa após confronto contra o Toulouse, mas a passagem das águias não foi tão gloriosa quanto os adeptos encarnados desejariam.

"Lá vai o Schmidt dormir mal outra vez"
Benfica

"O Toulouse mereceu passar esta eliminatória, se quisermos ser honestos e verdadeiros"

O desempenho nem sempre convincente nos dois jogos diante do emblema gaulês deixou os adeptos das águias com sentimentos mistos, e as críticas à performance da equipa lisboeta diante do Toulouse não tardaram em surgir, com Roger Schmidt a liderar a insatisfação dos adeptos e de figuras outrora ligadas ao clube.

A partida da segunda mão de acesso à segunda prova mais importante a nível de clubes da UEFA, realizada em solo francês, terminou num empate a zero, suficiente para garantir a passagem do atual campeão nacional aos oitavos, depois da vitória pela margem mínima na partida disputada na Luz, por 2-1, com dois penáltis convertidos por Ángel Di María.

"O Toulouse passou o Benfica a ferro"

No entanto, as críticas à performance dos encarnados não tardaram em surgir, com o antigo jogador e capitão do Benfica, João Alves, a expressar descontentamento com a exibição da equipa comandada por Roger Schmidt, destacando que o Toulouse mereceu passar, pois "passou o Benfica a ferro".

"O Toulouse mereceu passar esta eliminatória, se quisermos ser honestos e verdadeiros. Passou o Benfica a ferro", começou por dizer o ex-jogador português, em declarações na RTP3, citado pelo jornal 'Bancada.pt'.

Alves salientou que, especialmente na segunda parte do segundo jogo, a equipa lisboeta demonstrou uma exibição apagada e abriu buracos defensivos por todo o lado.

"Na primeira parte, o Benfica teve três chances de golo. Na segunda parte, o Toulouse passou o Benfica a ferro. Eu já não me lembro de ver uma exibição tão má do Benfica, tão apagada, em termos defensivos a equipa abriu buracos por todo o lado", observou.

O antigo capitão do Benfica criticou ainda as substituições promovidas por Roger Schmidt, afirmando que tornaram a equipa pior.

"As substituições ao intervalo não funcionaram e tornaram o Benfica pior equipa", destacou João Alves, conhecido como 'luvas pretas'.

"Eu já não via o Di María defender tanto como o vi defender. Trabalhou muito", destacou o também comentador.

As críticas estenderam-se ao treinador Roger Schmidt, que, apesar de se mostrar satisfeito com o resultado que permitiu a passagem à próxima fase, não escapou às dúvidas e insatisfações.

João Alves prevê noites difíceis para o treinador alemão, antecipando dificuldades na montagem da equipa encarnada para os próximos desafios, que incluem dois clássicos em poucos dias, frente ao Sporting e FC Porto.

"Lá vai o Schmidt dormir mal outra vez com tantas dúvidas", frisou Alves.

A análise pós-jogo revelou ainda que, apesar da passagem, o Benfica terá de enfrentar questões defensivas. João Alves realçou a necessidade de a equipa evitar tantas situações de golo e de não dar tanto domínio ao adversário.

"O Benfica não pode sofrer tantas situações de golo e dar tanto domínio a um adversário", rematou o antigo internacional português.

Confira aqui tudo sobre a competição.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Para si

Na Primeira Página

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem será o próximo presidente FC Porto?