loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Mundial sub-20: Portugal e Argentina confirmam favoritismo no grupo

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Quem precisa de mais reforços para a próxima época?

Portugal e Argentina confirmaram que são as duas equipas mais fortes do grupo F do Mundial de futebol de sub-20, que decorre na Polónia, arrancando esta fase da prova com vitórias.
Mundial sub-20: Portugal e Argentina confirmam favoritismo no grupo

Ao tangencial 1-0 de Portugal sobre a Coreia do Sul, mais cedo, respondeu muito bem a Argentina com uma goleada de 5-2 sobre a África do Sul, já ao início da noite, em jogo do Grupo F

A primeira ronda da fase de grupos ficou completa, registando-se também no programa do dia o 1-1 entre Panamá e Mali e o 2-0 da França à Arábia Saudita, ambos os jogos do Grupo E.

Em Bielsko-Biala, Trincão, jogador do Sporting de Braga, fez o primeiro golo de Portugal neste torneio, logo aos sete minutos. O marcador não voltou a funcionar e o tento acabou por valer os três pontos.

Portugal, campeão do mundo em 1989 e 1991, é considerado um dos favoritos, estatuto que lhe é conferido pelos valores individuais de que dispõe, e sobretudo pelos triunfos que esta geração, nascida em 1999, alcançou nos Europeus de sub-17 e sub-19, em 2016 e 2018.

A Argentina, que jogará contra os lusos na terça-feira, respondeu 'forte' e conseguiu uma das goleadas mais dilatadas deste Mundial, até ao momento.

Em Tychy, a ‘equipa das pampas’ ainda foi mais célere a chegar à vantagem, já que comandava aos quatro minutos, com o golo de Fera. Mas 'consentiu' o empate, aos 23 minutos por Philips, só embalando para o resultado desnivelado na reta final do encontro, fase em que os sul-africanos jogaram com um a menos (expulsão de Philips aos 66).

Barco (63 de grande penalidade e 71), Alvarez (76) e Gaich (90+2) ampliaram o marcador, com o desnível só mitigado pelo golo de Foster, aos 85 de grande penalidade, para os africanos.

Fofana (43) e Gouiri (75) apontaram os dois golos com que a França bateu a Arábia Saudita, em Gdynia, para assumir o comando do Grupo E, com três pontos, mais dois do que Mali e Panamá, que empataram na outra partida.

Em Bydgoszcz, Konte fez o golo maliano, aos 39, e Valanta o golo panamiano, aos 87, de grande penalidade.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Comentários

Na Primeira Página

Pode gostar de ler