loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Neymar ameaçado pelo presidente a treinar sozinho e ficar sem jogar até 2022

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Quem precisa de mais reforços para a próxima época?

O presidente do Paris Saint-Germain, Nasser Al-Khelaifi, não está nada satisfeito com as atitudes de Neymar, que apresentou-se tarde na pré época e quer mudar-se para o FC Barcelona.
Neymar ameaçado pelo presidente a treinar sozinho e ficar sem jogar até 2022

De acordo com o jornal espanhol «El País», esta situação está a afetar a imagem do estado do Qatar, o que levou o presidente dos parisienses a ameaçar deixar o internacional brasileiro a treinar sozinho e sem jogar até 2022, ano em que termina contrato.

A mesma fonte avança que Neymar estaria disposto a descer o seu salário para 24 milhões de euros para regressar a Barcelona. Al-Khelafi já afirmou que não teria problemas em pagar o salário anual de Neymar até ao final do contrato só para este não jogar. Importa recordar que jogador de 27 anos aufere 47 milhões de euros por ano.

O pai do brasileiro acredita que, a confirmar-se este cenário, o plantel do PSG entraria em conflito, porque teriam o jogador mais bem pago da equipa em casa, enquanto os outros treinavam.

«Em três semanas têm o Mbappé a pedir 100 milhões por ano», afirmou Neymar da Silva Santos, pai e representante de Neymar.

O diretor desportivo do clube da capital francesa, Leonardo, já ligou ao pai do camisola 10, convidando-o a ir a Paris, de forma a que ambos cheguem a uma solução.

Certo é que o PSG não quer vender Neymar por um valor abaixo dos 100 milhões de euros, depois de ter desembolsado 222 milhões há dois anos.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Comentários

Na Primeira Página

Pode gostar de ler