loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

QF Euro 2020: Titulares 'poupados' no treino antes da viagem para a Ucrânia

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Acha que Silas é uma boa opção para o Sporting?

A seleção portuguesa de futebol contou hoje com apenas 13 jogadores no último treino em Portugal antes da viagem para Kiev, onde, na segunda-feira, defronta a Ucrânia, em jogo do Grupo B de qualificação para o Europeu 2020.
QF Euro 2020: Titulares 'poupados' no treino antes da viagem para a Ucrânia

No dia seguinte ao triunfo frente ao Luxemburgo, por 3-0, os titulares limitaram-se a efetuar trabalho de recuperação e nem subiram ao relvado na Cidade do Futebol, em Oeiras, durante os 15 minutos abertos à comunicação social.

Por outro lado, o selecionador nacional, Fernando Santos, orientou um treino para 11 jogadores de campo e os dois guarda-redes não utilizados: Beto e José Sá. Desta feita, o lateral esquerdo Mário Rui trabalhou integrado com os colegas - depois de ter estado à parte no derradeiro treino antes do jogo -, bem como o médio André Gomes, que se juntou mais tarde à comitiva.

Sob o olhar do vice-presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Humberto Coelho, e do diretor João Vieira Pinto, os internacionais portugueses fizeram somente aquecimento e exercícios de 'pressing' e circulação de bola.

A equipa portuguesa viaja ao início da tarde para Kiev, onde, na segunda-feira, vai defrontar os ucranianos, líderes do Grupo B com 16 pontos, mais cinco do que Portugal, mas também com mais um jogo disputado.

Na sexta-feira, Portugal venceu na receção ao Luxemburgo por 3-0, num dia em que a Ucrânia recebeu e bateu a Lituânia, por 2-0.

A equipa das ‘quinas’, detentora do título, pode garantir na segunda-feira o apuramento para a sua oitava fase final de um Europeu e sétima consecutiva, desde 1996, caso vença na Ucrânia e a Sérvia não triunfe na Lituânia.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Na Primeira Página

Pode gostar de ler