loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Crónica: Famalicão reduzido a 10 marcou e venceu fora o Boavista

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Facebook

Outras Notícias

Sondagem

Quem vai vencer a Taça da Liga?

O Famalicão bateu hoje o Boavista, por 1-0, em jogo da 16.ª jornada da I Liga de futebol, tendo o golo do espanhol Toni Martinez surgido aos 81 minutos, quando a equipa estava reduzida a 10 unidades.
Crónica: Famalicão reduzido a 10 marcou e venceu fora o Boavista

O encontro começou mal para o Famalicão, pois, logo no primeiro minuto, ficou em inferioridade numérica, porque o seu guarda-redes, Rafael Defendi, foi expulso por ter derrubado Paulinho quando este corria isolado para a baliza.

A situação, que nasceu de um mau atraso do defesa-central Alex Centelles, ainda foi analisada pelo vídeoárbitro durante quase cinco minutos, mas a decisão manteve-se e os famalicenses passaram a jogar com 10 unidades.

Ivo Pinto, que fazia a sua estreia pelos famalicenses, saiu para dar lugar ao guarda-redes Vaná Alves e, ao contrário do que se poderia esperar, a equipa de João Pedro Sousa lidou bem com a situação e muitas vezes superiorizou-se a um Boavista sem ideias, ansioso e que deu pouco trabalho ao guardião adversário.

O Boavista não conseguiu tirar partido da vantagem numérica, tendo sentido muitas dificuldades para ligar o seu jogo e travar o futebol desenvolto de pendor ofensivo que o Famalicão conseguiu apresentar.

Ainda assim, o Boavista dispôs de uma boa situação para marcar, quando Heriberto surgiu isolado aos 27 minutos diante de Vaná Alves, mas não logrou concretizar a situação.

Fábio Martins, aos 31 e aos 40 minutos, e Pedro Gonçalves, aos 36, estiveram perto do golo, fruto da maior lucidez que os famalicenses evidenciaram, e o Boavista sentiu muitas dificuldades para conter o futebol contrário durante quase toda a primeira parte.

O Famalicão continuou bem no segundo tempo, tendo-se mantido organizado e fiel ao seu futebol de olhos postos na baliza adversária, ao passo que o Boavista continuou a evidenciar os mesmos erros e as mesmas carências quando teve bola e tentou sair para o ataque.

Bueno desperdiçou uma ocasião de golo aos 61 minutos e, a partir daí, sim, o futebol ofensivo que o Famalicão insistiu em praticar começou a oferecer ao Boavista espaços para lançar vários contra-ataques e causar alvoroço na defesa contrária

Anderson assustou Helton Leite aos 69 minutos e, dois minutos depois, saiu para dar lugar ao atacante espanhol Toni Martinez e esta aposta revelou-se feliz, visto que este jogador decidiu o jogo a favor do Famalicão fazendo o 1-0 final com um remate forte e muito colocado, aos 81 minutos.

O Boavista queixou-se, em vão, de que o lance de que resultou o golo foi antecedido de uma falta sobre Paulinho e depois, já com muitos nervos à solta, o defesa-esquerdo Marlon também foi expulso com cartão vermelho direto.

O Famalicão segue isolado no terceiro posto, agora com 30 pontos, e Boavista permanece no 8.º lugar, com 19 pontos, somou a sua terceira derrota caseira e não ganha há quaro jogos.

Programa da jornada:

Sexta-feira, 10 de Janeiro de 2020
Santa Clara - Rio Ave, 0 - 1
Benfica - Desp. Aves, 2 - 1
Moreirense - FC Porto, 2 - 4

Sábado, 11 de Janeiro de 2020
Portimonense - Paços Ferreira, 0 - 0
Boavista - Famalicão, 0 - 1
V. Setúbal - Sporting, 1 - 3

Domingo, 12 de Janeiro de 2020
Gil Vicente - Belenenses SAD, 2 - 0
Marítimo - V. Guimarães, 0 - 0
Sp. Braga - Tondela, 2 - 1

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Na Primeira Página

Pode gostar de ler