loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Ricardo Soares: «Não me lembro de nenhuma oportunidade do Sporting»

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

É justa a medida do Governo em autorizar o regresso I Liga e impedir a II Liga?

Declarações de Ricardo Soares, treinador do Moreirense, após o empate frente ao Sporting (0-0), em jogo da 30.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, disputado no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, em Moreira de Cónegos.
Ricardo Soares: «Não me lembro de nenhuma oportunidade do Sporting»

"É importante e gratificante acontecer matematicamente o nosso principal objetivo [a permanência na I Liga], a quatro jornadas do fim. É sempre importante para nós.

Em relação ao jogo, há que dizer que defrontámos uma grande equipa. Era nossa intenção entrar muito fortes e ter algum ascendente perante este adversário, que tem muita qualidade, conquistado pontos de forma segura, com um trabalho muito bom do Rúben [Amorim], baseado numa ideia [de jogo] diferente. Penso que a primeira parte foi claramente nossa. Criámos mais oportunidades e não me lembro de nenhuma do Sporting.

Depois da expulsão [do Halliche], que eu inicialmente pensei que era justa, mas não é nada justa, tivemos de nos reajustar. A superioridade numérica faz diferença perante uma equipa deste nível, mas fomos bastante seguros. Não me lembro de nenhuma oportunidade do Sporting. O Sporting dominou, mas nós controlámos o jogo. O empate foi justo. Prevaleceu o compromisso dos meus jogadores e a nossa qualidade defensiva.

A partir do momento em que ficámos reduzidos a 10 unidades, controlámos muito bem os espaços. Houve alguma intranquilidade por parte do Sporting, que perdeu muitas bolas fáceis. O Sporting teve de jogar por fora e isso, para nós, não foi problema, porque fechámos a baliza muito bem nessa situação. Há que dizer que a qualidade do adversário fechou-nos algumas saídas para o contra-ataque. Faltou-nos também frescura para isso a certa altura do jogo.

É fácil fazer uma retrospetiva [da época], embota faltem quatro jogos [para o campeonato terminar]. Tive uma entrada difícil no clube, com um conjunto de jogos com grau de dificuldade elevado. Entrou um treinador que conhecia os jogadores, mas a adaptação a um processo novo leva o seu tempo. Isto não é ?carregar num botão' e ?acender uma luz'. Os jogadores sentiram confiança nas minhas ideias, mas demorou algum tempo para as coisas aparecerem. Vim para um clube com excelentes condições de trabalho e encontrei um grupo de jogadores que acreditou sempre. O Moreirense é agora uma equipa consistente defensivamente, que joga um futebol de alta qualidade."

Programa da jornada:

Sexta-feira, 3 de Julho de 2020
Santa Clara - Marítimo, 0 - 1

Sábado, 4 de Julho de 2020
V. Setúbal - Paços Ferreira, 2 - 3
Portimonense - V. Guimarães, 0 - 1
Benfica - Boavista, 3 - 1
Sp. Braga - Desp. Aves, 4 - 0

Domingo, 5 de Julho de 2020
Gil Vicente - Rio Ave, 1 - 0
Tondela - Famalicão, 0 - 1
FC Porto - Belenenses SAD, 5 - 0

Segunda-feira, 6 de Julho de 2020
Moreirense - Sporting, 0 - 0

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página