loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Sporting: «É altura de pensar em corrigir uma época que não pode acontecer nunca mais» - Neto

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

É justa a medida do Governo em autorizar o regresso I Liga e impedir a II Liga?

O defesa português Luís Neto considerou hoje que «é para altura para pensar em corrigir uma época que não pode acontecer nunca mais» por parte do Sporting, que terminou a primeira liga de futebol em quarto lugar.
Sporting: «É altura de pensar em corrigir uma época que não pode acontecer nunca mais» - Neto

Na primeira temporada com a camisola ‘verde e branca’, depois de chegar proveniente dos russos do Zenit, Neto fez o balanço de um regresso a Portugal “muito longe do que idealizava”.

“Um regresso a Portugal e ao futebol português muito longe do que idealizava, muitos contratempos, muitas mudanças, mas como já disse algumas vezes, os maiores responsáveis somos nós que estamos dentro de campo e podemos mudar o rumo das coisas com golos ou defesas”, começou por escrever na conta pessoal do Instagram o central, que em 2019/20 foi opção em 22 encontros.

O internacional português, de 32 anos, considera mesmo que os ‘leões’ “tinham a obrigação e o dever de ganhar muitos dos jogos que perderam”.

Para o defesa central, o mais importante, agora, passa por refletir sobre “uma época que não pode acontecer nunca mais", deixando claro que os 'leões' "estão no caminho certo".

“O futebol é bom numa coisa. O amanhã é já uma nova oportunidade. Por isso, agora é altura de refletir, não para arranjar culpados, mas para pensar em corrigir uma época que não pode acontecer nunca mais. Acredito que o novo campeonato vai ser diferente, agora mais do que nunca estamos no caminho certo, com as ideias bem definidas e com um caminho bem traçado”, observou.

Por fim, deixa um agradecimento “aos verdadeiros adeptos”, apesar de considerar que “mesmo quando a equipa não mereceu, estiveram sempre presentes”.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página