Inglaterra: Bruno Fernandes marca em reviravolta do Manchester United no Villa Park

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

O Manchester United, com um golo do português Bruno Fernandes, venceu hoje na visita ao Aston Villa por 3-1 e adiou a decisão do título em Inglaterra, quase entregue ao Manchester City, mas ainda sem o poder festejar.
Inglaterra: Bruno Fernandes marca em reviravolta do Manchester United no Villa Park

Apenas uma derrota do United no encontro da 35.ª jornada permitiria hoje ao City garantir matematicamente essa conquista, depois de a formação de Pep Guardiola ter perdido no sábado, em casa, com o Chelsea (2-1), mas a equipa de Bruno Fernandes venceu na deslocação a Birmingham.

No Villa Park, o Manchester United esteve a perder, na sequência de um golo de Bertrand Traore, aos 24 minutos, mas o médio internacional português, na conversão de uma grande penalidade (52) e Greenwood (56), deram a volta ao resultado.

O internacional uruguaio Cavani, que começou no banco de suplentes e entrou aos 65 minutos, ainda foi a tempo de também inscrever o nome nos marcadores, ao desviar de cabeça para o terceiro golo do United, aos 87 minutos, num jogo em que o Aston Villa terminou reduzido a 10, após o segundo cartão amarelo mostrado a Watkins, aos 89.

As duas formações de Manchester ocupam o topo da Liga inglesa, com o City, dos portugueses João Cancelo, Rúben Dias e Bernardo Silva, a ter 80 pontos, em 35 jogos, enquanto o Manchester United é segundo, com 70 pontos e menos um jogo disputado.

Na terça-feira, o Manchester City pode garantir o título, o sétimo da história, sem entrar em campo, caso o United perca na receção ao Leicester, com os ‘foxes’ em quarto lugar, também ainda na luta para segurarem um lugar de acesso à Liga dos Campeões.

Na frente segue também o Chelsea, em terceiro (64 pontos), seguido pelo Leicester (63), a fechar os lugares de ‘Champions’, enquanto o West Ham (58) e Liverpool (57) seguem em quinto e sexto, respetivamente, e com menos um jogo.

Também hoje na Liga inglesa, o Wolverhampton, de Nuno Espírito Santo, virou igualmente uma desvantagem e bateu em casa o Brighton por 2-1, num jogo em que os visitantes ficaram em inferioridade numérica a partir dos 53 minutos, por expulsão de Lewis Dunk.

Dunk esteve no melhor e no pior, já que tinha marcado para a equipa do sul de Inglaterra, aos 13 minutos, num jogo em que Adama Traore (que tinha substituído o português Rúben Neves), aos 76, e Morgan Gibbs-White, aos 90, marcaram para os ‘wolves’.

O Wolverhampton, que venceu apenas três dos últimos 10 jogos na prova, manteve a 12.ª posição a salvo do eventual ataque do Crystal Palace, que tem menos quatro, mas um jogo em atraso, a disputar na terça-feira, frente ao Southampton, enquanto o Brighton ocupa a 15.ª posição.

Programa da jornada:

Sexta-feira, 7 de Maio de 2021
Leicester - Newcastle, 2 - 4

Sábado, 8 de Maio de 2021
Leeds - Tottenham, 3 - 1
Sheffield Utd - Crystal Palace, 0 - 2
Man City - Chelsea, 1 - 2
Liverpool - Southampton, 2 - 0

Domingo, 9 de Maio de 2021
Wolves - Brighton, 2 - 1
Aston Villa - Man Utd, 1 - 3
West Ham - Everton, 0 - 1
Arsenal - WBA, 3 - 1

Segunda-feira, 10 de Maio de 2021
Fulham - Burnley, 0 - 2

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página