loading

Pepa: «Estivemos muito mal, com bola e sem bola»

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

Declarações de Pepa, treinador do Vitória de Guimarães, após o Vitória de Guimarães – Benfica (1-3), jogo da sétima jornada da I Liga portuguesa de futebol, disputado no Estádio D. Afonso Henriques, em Guimarães.
Pepa: «Estivemos muito mal, com bola e sem bola»

“Estivemos muito mal, com bola e sem bola. Mesmo estando mal, a verdade é que mesmo assim criámos duas oportunidades de golo. Não fizemos muito para isso, mas mesmo assim conseguimos duas oportunidades. Deixámos o Benfica pensar, fomos pouco pressionantes e escondemo-nos do jogo, o que não é normal.

Na segunda parte, depois de estar a perder por 2-0 e de uma exibição má, havia duas opções: continuar precipitados e perdidos em termos emocionais ou mudar. Falhámos uma oportunidade pelo [Marcus] Edwards logo a abrir. Fomos pressionantes e tivemos mais mobilidade. Na segunda parte, estivemos por cima.

Quando procurávamos o 2-1, sofremos o 3-0. Depois fizemos o 3-1 e reduzimos, mas já era muito tarde. Pagámos muito caro a primeira parte. Até poderíamos ter perdido o jogo, mas não há nada pior do que ter a sensação de que demos 45 minutos ao Benfica. Não tiro o mérito ao Benfica, que foi muito melhor do que nós. Na segunda, tudo fizemos, mas fomos pouco felizes. Na primeira, fomos castigados pelo que não fizemos.

Na primeira parte, demos capacidade e liberdade à construção do Benfica. Com a qualidade que tem, acabou por executar bem. Na segunda parte, com o Alfa [Semedo] mais subido, o jogo foi completamente diferente. Ganhámos mais bolas e tivemos mais mobilidade. O que nos deixou frustrados na primeira parte foi a incapacidade em ter bola. Sujeitámo-nos a perder várias bolas no corredor central. Devíamos ter sido muito mais rápidos a variar o centro do jogo. Não fomos e tudo o que de mau poderia acontecer na primeira parte aconteceu. O coletivo não funcionou”.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página