loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

I Liga: ‘Interino’ Albert Meyong assume Vitória de Setúbal pela segunda vez na época

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

É justa a medida do Governo em autorizar o regresso I Liga e impedir a II Liga?

Pela segunda vez esta época, Albert Meyong foi o nome encontrado pelo Vitória de Setúbal para assumir de forma interina os sadinos, após a cessação de contrato, anunciada hoje, entre o clube da I Liga e Julio Velázquez.
I Liga: ‘Interino’ Albert Meyong assume Vitória de Setúbal pela segunda vez na época

O técnico espanhol, de 38 anos, não resistiu aos maus resultados da equipa, que está há 11 jornadas sem vencer no campeonato e, desde a sua chegada ao Bonfim, em novembro de 2019, somou quatro triunfos, sete empates e 10 derrotas em todas as competições.

Para o lugar de Julio Velázquez, que deixa Setúbal, juntamente com os seus adjuntos Antolín Gonzalo e Gonzalo Escudero, entra Albert Meyong, elemento da equipa técnica que já tinha nos meses de outubro e novembro de 2019 orientado a equipa, depois de Sandro Mendes ter sido despedido à oitava jornada.

Entre a nona e 11.ª jornada, o ex-avançado camaronês, de 39 anos, liderou o Vitória de Setúbal, que somou quatro pontos em nove possíveis (empate 1-1 com o Santa Clara, triunfo 1-0 sobre o Boavista e derrota 1-0 com o Rio Ave).

Com a equipa atualmente posicionada na 16.ª posição da I Liga, com 30 pontos, apenas três acima da linha de despromoção, a tarefa do novo técnico passa por garantir nas cinco jornadas que faltam para o final da prova a permanência do clube no escalão principal.

A rescisão de contrato com Julio Velázquez acontece depois de o treinador ter revelado a sua insatisfação após a derrota sofrida na terça-feira, por 2-0, no reduto do Vitória de Guimarães.

O espanhol alertou no final dessa partida para necessidade de “mudar o chip” e afirmou que “as coisas de fora, e não dentro do relvado, não estavam a ser feitas como deveriam”, declarações que causaram incómodo na direção presidida por Paulo Gomes.

A realidade é que menos de 48 horas depois dos seus comentários, o treinador viu o final da sua ligação ao clube ser anunciada em comunicado emitido hoje.

“O Vitória informa que chegou a acordo com o treinador Julio Velázquez para a cessação das suas funções enquanto líder do quadro técnico da equipa principal de futebol. Esta decisão, tomada por mútuo acordo, tem efeitos imediatos, pelo que o treinador já não orientou a sessão de trabalho desta tarde (17:00) no Estádio do Bonfim”, referem.

Apesar do fim da ligação, o Vitória de Setúbal fez questão de deixar uma palavra de agradecimento ao técnico.

“O Vitória agradece a Julio Velázquez o trabalho desenvolvido ao longo deste período e enaltece o profissionalismo e a dedicação que sempre demonstrou na defesa deste símbolo, desejando-lhe as melhores felicidades para o futuro”, finaliza.

Sábado, a partir das 17:00, no estádio do Bonfim, o ex-adjunto de Julio Velázquez, Albert Meyong, orientará os sadinos diante do Paços de Ferreira, em jogo da 30.ª jornada da I Liga.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página