loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Benfica: Jogadores Otamendi e Nuno Tavares também estão infetados

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

Os jogadores Otamendi e Nuno Tavares são os mais recentes casos de infeção pelo novo coronavírus no Benfica e elevam para sete o número de casos no plantel, informou hoje o clube lisboeta.
Benfica: Jogadores Otamendi e Nuno Tavares também estão infetados

“O defesa central Otamendi e o defesa-esquerdo Nuno Tavares testaram positivo ao novo coronavírus nesta quarta-feira”, refere o clube, explicando que os dois casos surgiram nos mais recentes testes de diagnóstico à covid-19.

Na terça-feira, o clube informou ter 17 casos na estrutura profissional, entre os quais os futebolistas Vertonghen, Diogo Gonçalves, Grimaldo, Gilberto e Luca Waldschmidt, sendo agora sete os casos na equipa, no dia em que defronta o Sporting de Braga na meia-final da Taça da Liga.

A situação deixa o treinador Jorge Jesus sem grande parte das habituais opções para os próximos jogos, com a equipa a ter toda a defesa, com exceção do guarda-redes Vlachodimos, infetada com o novo coronavírus.

Os laterais Gilberto, Grimaldo, que na última jornada, na visita ao FC Porto (1-1), jogou a extremo, e Nuno Tavares são baixas, e os habituais centrais, casos do belga Vertonghen e do argentino Nicolas Otamendi também.

Os problemas aumentam para as ‘águias’ com a indisponibilidade também de Diogo Gonçalves, às vezes adaptado a lateral direito, num surto que ‘apanhou’ ainda o avançado Luca Waldschimdt.

Globalmente, o clube tem 19 casos diagnosticados, entre jogadores, equipa técnica e ‘staff’, num surto que afeta igualmente o presidente Luís Filipe Vieira, segundo informou na terça-feira o Benfica.

Hoje, em Leiria, é ainda possível que o treinador não conte com Everton, com a imprensa a adiantar que o jogador internacional brasileiro está em isolamento e não deverá ser convocado, depois de a sua mulher ter um teste positivo.

Na equipa técnica, a imprensa adiantou também que alguns dos casos afetam os treinadores adjuntos João de Deus, Pietra, Fernando Ferreira, Paulo Lopes, Márcio Sampaio ou Mário Monteiro, bem como do diretor e ex-jogador Luisão.

O treinador Jorge Jesus chegou a apresentar sintomas gripais, mas, na terça-feira um segundo teste voltou a apresentar resultado negativo para o novo coronavírus.

Globalmente, o Benfica já teve desde o início da época 18 jogadores infetados.

No historial dos ‘encarnados’, aos setes agora infetados – Nuno Tavares, Grimaldo, Gilberto, Vertonghen, Diogo Gonçalves, Otamendi e Luca Waldschimdt -, juntam-se Svilar, Darwin, Weigl, Taarabt, Pizzi, Jardel, João Ferreira, Seferovic, João Ferreira, Cervi e Gabriel, além do caso de Pedrinho, que chegou a estar em isolamento após um resultado inconclusivo, em agosto.

O cenário, e quando eram apenas conhecidos cinco casos, levou o clube a remeter, num primeiro momento, para a Direção-Geral da Saúde a decisão de se apresentar nos próximos 14 dias à competição, e, depois, a comunicar que estará na meia-final de quarta-feira.

“Após ter exposto publicamente, de forma cautelar e transparente, o aumento de casos de covid-19 na sua estrutura profissional, não recebeu por parte das autoridades competentes – DGS [Direção-Geral da Saúde] e Liga de Clubes – qualquer recomendação contrária às regras até agora vigentes nas competições nacionais. Ou seja, proceder ao isolamento dos jogadores que testaram positivo e incluir no lote de atletas à disposição da sua equipa técnica todos aqueles que testaram negativo, 48 horas antes da partida”, referiu o Benfica.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página