loading

Nota: Caro visitante, o acesso à informação do nosso site é gratuita e de livre acesso. Tal só é possível exibindo anúncios a quem nos visita. Por favor, considere apoiar-nos, desativando o seu bloqueador de anúncios.

Covid-19

Pinto da Costa critica «quem já pôs em causa» Carlos Queiroz

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

É justa a medida do Governo em autorizar o regresso I Liga e impedir a II Liga?

O presidente do FC Porto criticou hoje ''quem já pôs em causa” o seleccionador português de futebol, durante a inauguração da nova sede da Associação de Futebol do Porto (AFP), afirmando “acreditar na equipa portuguesa” e em Carlos Queiroz.
Pinto da Costa critica «quem já pôs em causa» Carlos Queiroz

Os discursos que se ouviram durante a cerimónia de inauguração da nova sede social da AFP pautaram-se pelo apoio à selecção lusa, representada pelo presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Gilberto Madaíl, que qualificou 2008 de “ano horrível” para o futebol português.

Na base da insatisfação de Madaíl esteve a eliminação nos quartos-de-final do Europeu, ainda sob a liderança técnica do brasileiro Luiz Felipe Scolari, e o recente percurso na fase de qualificação para o Mundial2010, já com Queiroz como seleccionador, que não ganha há três jogos consecutivos.

Durante o seu discurso, o presidente da FPF prometeu, no entanto, que tudo fará para que o futebol português tenha uma “boa representação” e para que seja retomado o “caminho que Portugal tem traçado nos últimos anos”.

O secretário de Estado da Juventude e do Desporto, Laurentino Dias, mostrou-se também confiante em relação ao futuro da selecção e do futebol português: “Este será o ano que todos formos capazes de fazer, os que jogam, jogando bem e os que dirigem, dirigindo bem”, afirmou o governante.

O ex-presidente da AFP, Adriano Pinto, foi lembrado por todos os intervenientes, que recordaram o papel do ex-dirigente, falecido em 2007.

“Adriano Pinto foi o maior dirigente associativo deste país”, lembrou Pinto da Costa, numa cerimónia que contou, entre outros, com Valentim Loureiro, Álvaro Braga Júnior, Pôncio Monteiro e Rui Moreira.

A Associação de Futebol do Porto, presidida por Lourenço Pinto, conta com mais de 450 clubes, cerca de 30.000 atletas e mais de 800 árbitros, afirmando-se como a maior do país.

Siga-nos no Facebook e no Twitter.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página