loading

"Falhanço na Champions? Perdemos o Grimaldo e o Ramos, assim como o Enzo Fernández"

O Benfica encontra-se numa encruzilhada nas competições europeias, uma vez que se não vencer o jogo de quarta-feira diante do Inter, falha também o acesso à Liga Europa, depois da péssima campanha dos encarnados na Liga dos Campeões.

"Falhanço na Champions? Perdemos o Grimaldo e o Ramos, assim como o Enzo Fernández"

"É muito claro que, agora, queremos apurar-nos para a Liga Europa. Os quatro jogos anteriores são história"

O técnico Roger Schmidt, na conferência de imprensa de antevisão ao confronto com o emblema italiano, delineou as dificuldades enfrentadas, destacando a necessidade de virar a página e concentrar-se na Liga Europa como uma oportunidade de redenção.

O cenário na Liga dos Campeões não foi ideal para o Benfica, com a equipa já afastada dos oitavos de final e com o presidente das águias, Rui Costa, a assumir que a campanha na prova milionária foi um 'falhanço'. A perda de jogadores influentes como Grimaldo, Gonçalo Ramos e Enzo Fernández é destacada por Schmidt para responder ao líder encarnado.

"Perdemos Grimaldo e Gonçalo Ramos, assim como Enzo Fernández. Não nos podemos esquecer dele"

"Os novos jogadores precisam de tempo para se adaptarem. Tivemos lesões, e, no primeiro jogo da Liga dos Campeões, começámos com um penálti e um cartão vermelho ao fim de oito minutos. Não foi o início perfeito", começou por explicar o técnico alemão.

Com a Liga dos Campeões agora fora do alcance, o Benfica volta-se para a Liga Europa com determinação. Roger Schmidt enfatiza a importância de aprender com o passado, salientando que os quatro jogos anteriores são história.

"Depois, cada jogo teve a sua história, mas é passado. Já não devemos pensar nisso. Ao mais alto nível, por vezes, os pequenos erros são decisivos, e, na fase de grupos, podes encontrar-te numa fase como a que estamos agora", observou.

O técnico acredita que a Liga Europa oferece uma chance de redenção, sendo a segunda melhor competição europeia, e destaca a necessidade de concentração total no próximo desafio contra o Inter de Milão.

"Não estamos satisfeitos com a situação. Amanhã, é uma oportunidade para ganhar um grande jogo contra o Inter. Para mim, é uma das melhores equipas, neste momento, na Europa", acrescentou.

"É muito claro que, agora, queremos apurar-nos para a Liga Europa. Não podemos jogar a Liga dos Campeões, e a segunda melhor é a Liga Europa, por isso, é o nosso foco, agora. Os quatro jogos anteriores são história", rematou Schmidt.

À medida que o Benfica se prepara para enfrentar o Inter de Milão na Liga Europa, o foco está na superação dos desafios recentes na Liga dos Campeões. Roger Schmidt, reconhecendo as dificuldades e perdas, reitera a importância de olhar para frente e concentrar-se na próxima etapa.

O duelo contra o Inter não é apenas um jogo para os encarnados, mas uma oportunidade de redefinir a trajetória da temporada e afirmar a competitividade do Benfica no palco europeu.

Confira aqui tudo sobre a competição.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Para si

Na Primeira Página

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Quem está mais perto de chegar aos quartos de final da Liga Europa?