Taça Libertadores: Palmeiras goleia Independente del Valle no duelo português

Últimas Notícias

Notícias Mais vistas

Sondagem

Após os primeiros jogos das competições nacionais e internacionais, quem está em melhor forma?

O Palmeiras, de Abel Ferreira, somou na terça-feira o segundo triunfo em dois jogos no Grupo A da Taça Libertadores em futebol, ao golear em casa o Independiente del Valle, de Renato Paiva, por 5-0.
Taça Libertadores: Palmeiras goleia Independente del Valle no duelo português

No duelo entre treinadores portugueses, Rony, aos 11 e 74 minutos, Luiz Adriano, aos 20, Patrick de Paula, aos 65, e Danilo Barbosa, aos 81, apontaram os tentos dos detentores do título, que se tinham estreando com um triunfo por 3-2 no reduto dos peruanos do Universitario, graças a um golo na última jogada.

Por seu lado, o conjunto equatoriano manteve-se com um ponto – conseguido na receção aos argentinos do Defensa Y Justicia (1-1) -, após um embate em que errou muito, pois os três primeiros golos nasceram de saídas falhadas para o ataque.

Os forasteiros, personalizados e sem medo de ter a bola, começaram bem, mas, na primeira jogada de perigo, depois de uma saída falhada para o ataque do Independiente del Valle, os brasileiros adiantaram-se no marcador.

Aos 10 minutos, Raphael Veiga aproveitou um mau passe dos forasteiros e lançou Rony, que, beneficiando da tentativa falhada de corte de Pellarano, entrou na área a ‘fuzilou’ Moisés Ramírez.

Em vantagem, o Palmeiras ficou mais tranquilo e, aos 20 minutos, aumentou a vantagem, desta vez por intermédio de Luiz Adriano, que faturou após um passe de Patrick de Paula que Schunke não logrou intercetar.

Até ao intervalo, o conjunto do Equador teve mais tempo a bola, perante um conjunto brasileiro mais em contra-ataque, mas nunca conseguiu ameaçar Weverton.

No início da segunda parte, o ‘onze’ de Renato Paiva tentou reentrar na discussão do resultado e ameaçou em dois ‘tiros’ de fora da área, de Faravelli (50 minutos) e Murillo (62).

As saídas a jogar voltaram, porém, a trair o Independiente, com Patrick de Paula a conseguir a interceção, aos 65 minutos, e a apontar o terceiro golo dos locais, na recarga a um primeiro remate detido pelo guarda-redes dos visitantes.

Os forasteiros estiveram duas vezes perto do golo aos 73 minutos, por Montenegro e Segóvia, mas não marcaram e, aos 74, o Palmeiras chegou ao quarto em contra-ataque, por Rony, que ‘bisou’, após fuga e centro da esquerda de Victor Luis.

Apenas sete minutos depois, o Palmeiras chegou à ‘manita’, agora com um golo de cabeça de Danilo Barbosa, ex-jogador do Sporting de Braga e do Benfica, que correspondeu da melhor forma a um canto marcado na direita por Wesley.

Hoje, a partir das 23:00 (em Lisboa), os argentinos do Defensa y Justicia recebem os peruanos do Universitario, no fecho da segunda jornada da fase de grupos.

Na terceira ronda, o conjunto de Abel Ferreira desloca-se ao reduto do Defensa y Justicia, na terça-feira, enquanto o ‘onze’ de Renato Paiva é anfitrião do Universitario, na quarta-feira.

Siga-nos no Facebook, no Twitter, no Instagram e no Youtube.

Relacionadas

Pode gostar de ler

Na Primeira Página